Evitrinne Amor à Saúde: Agosto 2014

domingo, 31 de agosto de 2014

Cancro de Pele

SOL: Ensinaram-nos a fugir do sol porque este causa cancro. Mas o sol, se bem aproveitado, na verdade, previne-nos de muitas doenças, incluindo o cancro. (Ver aqui como aproveitar o sol de forma saudável).

IODO: Mas existe um motivo para o cancro de pele surgir e que poucos conhecem: Falta de Iodo no organismo. 

AS NECESSIDADES DO NOSSO ORGANISMO: Há muitas partes do nosso corpo que necessitam de Iodo para sobreviver e a falta deste, normalmente, gera um cancro (pele, tiróide, mama, próstata, etc.). 

COMO ESTÁ A SUA TRANSPIRAÇÃO? SINAL DE CANCRO.
Se você não transpira há já algum tempo, esteja alerta, porque o seu organismo está com falta de Iodo e isso pode gerar um cancro de pele. 

O QUE FAZER?
Se não apresentar estes problemas, previna-se com uma alimentação rica em Iodo (sal integral e algas marinhas diariamente).

Se apresenta este problema, sugiro a suplementação com Solução de Lugol a 5% (5% de Iodo, 10% de Iodeto de Potássio e 25% de água destilada). Tomar duas gotas num copo de água por dia. Esta solução adquire-se em farmácias de manipulação. 

Mesmo que não apresente os problemas aqui apresentados pode tomar a solução de lugol como prevenção uma vez que a alimentação nos dias de hoje é muito pobre em iodo, e grande parte das pessoas apresentam deficiência de Iodo. 

TESTE: A deficiência de Iodo verifica-se em problemas da tiróide e que normalmente só são detectados tardiamente. Uma das formas de ver se tem problemas de tiróide (ou seja, falta de Iodo) é verificar a sua temperatura: meça a sua temperatura todos os dias ao acordar, mas antes de se levantar, durante 5 dias e faça a média (some todas as temperaturas e divide por 5. Se der abaixo de 36.6, tem algum tipo de disfunção da tiróide).  

A deficiência de Iodo verifica-se igualmente na formação de cistos ou nódulos no nosso organismo (ver aqui).

ATENÇÃO: Apesar destes cuidados, que são fundamentais, se apresentar já alguma anormalidade num sinal, como os representados acima, ou se tem comichão num dos seus sinais, visite um dermatologista ou o seu médico. 

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Porque temos cistos ou nódulos?

Cistos nos ovários, cistos no peito, na tiróide, na próstata, etc., são muito comuns no nosso organismo. 

Porque eles surgem?
Muito simples. Os cistos surgem por falta de Iodo no nosso organismo. 

O que pode acontecer?
Se o Iodo permanecer baixo no nosso organismo, estes cistos transformam-se em nódulos, e os nódulos podem dar origem a um cancro a médio / longo prazo. 


O que fazer?
É necessário incluir mais Iodo no nosso organismo.

Onde encontrar Iodo?
  • No sal marinho tradicional (sal integral), mas não será suficiente. Não consumir sal iodado, porque o iodo que lhe é acrescentado evapora assim que a embalagem é aberta. 
  • Nas algas (consumir entre 2 a 3 vezes ao dia). É uma boa fonte de Iodo. 
  • Ou então em forma de suplemento: solução lugol a 5% (5% de iodo; 10% de iodeto de potássio e 25% de água destilada). Adquire-se em farmácias de manipulação. Tomar 2 gotas por dia num copo de água. Esta suplementação requer alguns cuidados, como a suplementação com selénio e o magnésio. Será necessário o acompanhamento profissional. 
Para além do Iodo lembre-se de manter uma alimentação saudável, um estilo de vida que lhe seja benéfico, e faça sempre exercício físico.

Fonte: Dr. Lair Ribeiro 

Artigos Relacionados:

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Obesidade em Portugal. Porquê?

Em Portugal existem 1 milhão de obesos. Vi hoje num programa referente à obesidade em Portugal. Fiquei triste, ainda mais num país com uma tradição gastronómica relativamente saudável. Digo relativamente saudável, uma vez que a qualidade dos alimentos de hoje não é a mesma de há 2 décadas atrás.

Imagem retirada da APPP
Problemas que levaram à obesidade em Portugal:

  • Entrada de alimentos de má qualidade na nossa alimentação:
    • refrigerantes
    • maior consumo de álcool
    • bolachas
    • batatas fritas
    • açúcar em excesso
    • alimentos refinados 
    • alimentos processados 
  • A queda da qualidade dos alimentos:
    • a  aplicação de hormonas na carne e como consequência, no leite
    • pesticidas nos legumes, frutas e todas as plantações
    • o glúten aumentou cerca de 400% nas últimas décadas
  • Sedentarismo (televisão, computador, jogos, etc.)
  • Aumento do consumo calórico

Porque estes alimentos são de má qualidade?
  • Não fornecem os nutrientes que o organismo necessita. Por isso ficamos doentes facilmente e dá-nos vontade de comer mais.
  • São alimentos considerados ácidos (o nosso corpo tem de estar alcalino para estar saudável). Um corpo ácido é um corpo inflamado, e propício a doenças. A acidez leva a um desgaste de nutrientes e minerais do nosso organismo para compensar a acidez.
  • São calorias vazias. As calorias que ingerirmos têm de ser ricas em nutrientes, vitaminas e minerais.
  • São alimentos inflamatórios. A gordura é um organismo inflamado.
Medicina do tirar: Um médico que costumo seguir (Dr. Lair Ribeiro) costuma dizer que pratica a medicina do tirar. E concordo. Os problemas de saúde pública começaram quando entraram na nossa alimentação alimentos que anteriormente não faziam parte da nossa vida. Então só nos resta, numa primeira fase, retirar o que nos prejudica, e depois começar a ingerir o que realmente o nosso corpo necessita para se manter bem.

Manter ou recuperar a saúde: As pessoas saudáveis ou com problemas de saúde devem ter, do meu ponto de vista, o mesmo estilo de vida. Não há milagres. Se quem está saudável quer continuar assim tem de ter disciplina no seu estilo de vida, e o mesmo acontece para o não saudável. Se quer recuperar a sua saúde e bem estar, tem de adoptar disciplina no seu dia a dia.  

O que fazer?
  • Retire o leite e derivados da sua alimentação (é inflamatório e a gordura é uma inflamação do organismo)
  • Retire o glúten da sua alimentação (engorda e prejudica a saúde do intestino, fazendo-o perder a capacidade de filtro)
  • Retire o açúcar (prefira o açúcar mascavado e apenas uma a duas vezes por semana)
  • Adoce o café com mel, ou ingira-o sem nada.
  • Retire todos os alimentos processados da sua alimentação (há umas décadas eles não existiam e nunca fizeram falta, apenas troxeram doenças): bolachas, batatas fritas, refrigerantes, etc.
  • Cozinhe em casa, e lembre-se que metade do prato deve ser preenchido com legumes e vegetais crus ou mal cozinhados. O restante deve ter leguminosas, proteína e hidrato não refinado (arroz integral ou massa sem glúten).
  • Faça exercício diariamente, nem que comece apenas com caminhadas depois das principais refeições.
  • Beba muita água, sobretudo antes de comer seja o que for. Comece o dia com água.

Cuide-se alimentando-se bem e escolhendo um estilo de vida mais saudável para o resto da vida. Os resultados surgirão naturalmente. 

Aquele que não tiver tempo para cuidar da saúde, vai ter que arrumar tempo para cuidar da doença. Dr. Lair Ribeiro


Artigos Relacionados:

sábado, 23 de agosto de 2014

Exercício Físico: para a saúde e beleza

Para além da alimentação e estilo de vida o exercício físico é fundamental para a nossa saúde e para nos mantermos em forma.


Para quem não tem esse hábito, existem exercícios que, por serem básicos, acabam por ser os mais atractivos e fáceis de fazer no dia a dia e com grandes efeitos.


Exercícios básicos:
  • Corrida
    • é um exercício de cárdio e por isso é bom para nos mantermos em forma e com energia.
    • comece por uma corrida leve para aquecer bem as articulações.
    • não caia no erro de correr muito depressa porque vai-se cansar e acabar por desistir. 
    • corra num ritmo que possa manter inicialmente por 10 a 15 minutos, depois vai aumentando a cada dia, até conseguir correr o tempo que desejar. 
  • Corda
    • saltar à corda é algo que deve ser feito depois de uma corrida leve para aquecer as articulações e músculos.
    • saltar à corda exige muito mais do nosso corpo e por isso os efeitos são rápidos.
    • bom exercício para perder peso e tonificar.
    • Comece por fazer dois a 5 minutos, e a cada dia vai aumentando. O nosso corpo vai ficando mais apto e resistente. 
  • Agachamentos
    • os agachamentos são bons para fazer depois de uma corrida também. As articulações devem estar bem quentes para não causar danos.
    • estes são bons para ajudar a tonificar as pernas e barriga.

- Gostar do exercício que faz: Escolha um exercício ou vários que a/o façam gostar e repetir. Acabará por fazer mais se gostar. 


- Bom aquecimento: Faça um bom aquecimento antes de cada exercício (corrida leve e aquecer articulações).

- Outros exercícios: Se não gostar destes exercícios opte por outros: dança, caminhada, aeróbicos, bicicleta. Mas faça-o 5 vezes por semana, mantendo o seu corpo activo e em forma.

- Efeitos do exercício: Um exercício bem feito não tem efeitos apenas na hora do exercício. O nosso organismo continuará a queimar depois do exercício. 

- Mantenha-se nutrido: Fazer exercício com fome causa radicais livres e o efeito não é o desejado. Comer de 2 em 2 horas ou de 3 em 3 horas deixa o metabolismo acelerado e o organismo nutrido para fazer exercício com efeitos desejados. 

- Mantenha-se activo, alimente-se bem, e escolha um estilo de vida que lhe faça bem. 

- Comece hoje mesmo!

Artigos Relacionados:

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Pele: espinhas e descamações

Muitas pessoas vivem numa luta constante contra espinhas e descamações da pele. Porque isto acontece?


Zonas do corpo: A pele do rosto, a zona superior das costas (1º terço) e a zona lateral dos braços funcionam como excretores das toxinas do fígado. 



Causas: Se tem espinhas e descamações nestas zonas é um sinal de má alimentação e má hidratação. 



O que evitar?
  • Elimine o leite e derivados da sua alimentação.
  • Evite a carne, coma-a apenas esporadicamente. Prefira o peixe. 
  • Elimine o açúcar.
  • Cuidado com as gorduras trans. Prefira gorduras boas como o azeite e o coco.
  • Cuidado com amendoíns, nozes , castanhas e avelãs. Elas fazem bem, mas para quem tem espinhas é necessário averiguar se será intolerante a estes alimentos. Elimine primeiro os outros alimentos que são mesmo prejudiciais. Se as espinhas continuarem, aí sim retire estes últimos para fazer o teste. 

O que acrescentar?
  • Bebe muita água, principalmente antes das refeições. 
  • Coma muitas verduras verde escuro.

Alimente-se bem, beba muita água, faça exercício físico e a pele realçará os resultados. A beleza é uma consequência da saúde.


Artigos Relacionados:

Fonte: Dr. Katia Haranaka

terça-feira, 19 de agosto de 2014

As nossas acções: quais as consequências?

Ouço muitas vezes as pessoas dizerem que fazem o que querem e ninguém tem nada com isso. Será mesmo assim?

Quando nascemos não se sabe quem vamos ser. Crescemos e adquirimos a nossa personalidade, e vamos aperfeiçoando-nos, é certo, mas é evidente que o mundo influencia-nos ao longo da vida, a uns mais do que outros. Por isso, se fizermos algo errado estaremos a influenciar sempre alguém. Uma criança que vê, um adolescente que copia, um adulto que ouve. As nossas acções arrastam sempre consigo alguma consequência, seja para nós, seja para o mundo. O acção individual leva à acção colectiva. 

E num outro ponto de vista, há acções que trazem consequências mais visíveis, por assim dizer. São as acções que prejudicam directamente a saúde ou a vida do próximo. São acções como fumar (poderá prejudicar a saúde de alguém ao seu lado e que zela pela saúde), destruir património (pertence a todos e não a ninguém individualmente), desrespeitar a nossa saúde (vai afectar os que estão ao nosso lado mais cedo ou mais tarde). Enfim, são um número interminável de acções e de escolhas que interferem directamente com a vida do próximo. 

Escrevo esta reflexão para consciencializar-nos diariamente das nossas acções. Que sejamos uma inspiração positiva para os que nos rodeiam. Ao tratarmos bem de nós, e ao praticarmos o bem estamos a inspirar e a tratar bem o próximo. E assim se constrói uma boa sociedade. Tudo começa pelo individual. Afinal a sociedade é um conjunto de individuais. 

O individual influência a família a amigos. A família a amigos influenciam a comunidade, e a comunidade influência a sociedade no todo. 

Consciente ou inconscientemente somos todos Guru de alguém. Você dá conselhos e direcciona as pessoas. (Sri Sri Ravi Shankar)

Artigos Relacionados:

domingo, 17 de agosto de 2014

Glúten: malefícios

A saúde do nosso organismo depende essencialmente da saúde do nosso intestino. É o intestino que absorve tudo o que é essencial à nossa saúde. Um intestino que funcione mal vai traduzir-se nos mais variados problemas de saúde. E é difícil enumerá-los, porque realmente todos os problemas de saúde estão relacionados com o intestino.  

Aumento do glúten nos cereais: se comermos alimentos prejudiciais ao intestino, este vai deixar de absorver os nutrientes. E o glúten é um inimigo do intestino. Relembro que o glúten dos cereais aumentou 400 % nas últimas décadas e este é o principal problema. 

Principais consequências do glúten no organismo:
  • destrói a flora intestinal
  • problemas de transito intestinal
  • dor de cabeça
  • má qualidade do sono
  • oscilação do humor
  • constipações contantes
  • distensão abdominal

Alguns problemas a médio/longo prazo no consumo de glúten:
  • cancro
  • doenças auto-imunes 
  • obesidade
  • depressão
  • hipertiroidismo 

Alimentos com glúten:

  • Trigo
  • Cevada
  • Centeio
  • Aveia (excepto aveia com a indicação: Sem glúten)
  • Todos os alimentos que contém estes cereais (farinhas, bolos, bolachas, massa, cerveja, alimentos industrializados, etc.)

Opções saudáveis:
  • Opte pela quinoa. Não tem glúten e é considerado o melhor cereal do mundo pela OMS.
  • Farinha de arroz
  • Farinha de milho (atenção com os alimentos transgénicos)

Nota: grande parte das alergias, intolerâncias, inflamações, retenção de líquidos, etc., são causados pelo glúten, pelo leite de vaca e derivados, e o açúcar. São alimentos inflamatórios. Evite-os ou elimine-os da sua alimentação. 

Verifique os rótulos. Quase todos alimentos industrializados tem glúten. 

Artigos Relacionados:

sábado, 16 de agosto de 2014

Alimentos Termogênicos para acelerar o metabolismo

No que diz respeito ao controlo de peso, existem alimentos, designados de termogênicos, que aceleram o nosso metabolismo e que ajudam na perda de peso. 

Alguns alimentos termogênicos:

  • Malagueta - (tempero)
  • Chá verde - (2 a 3 chávenas por dia)
  • Gengibre - (tempero)
  • Cafeína - (beba pouco café, um por dia já é o suficiente)
  • Água - (beba água sobretudo em jejum)
  • Gorduras Vegetais (azeite)
  • Óleo de coco - (até duas colheres por dia ou cozinhar com ele)
  • Linhaça - (1 ou 2 colheres por dia)
  • Canela - (tempero)
  • Alimentos ricos em Ómega 3
  • Couve
  • Bróculos
  • Laranja
  • Kiwi
  • Cacau (puro ou chocolate amargo)
Costumam referir que beber água gelada emagrece, mas não é bem assim. Até pode ter mesmo o efeito contrário. O médico Japonês Dr. Hiromi Shinya fala-nos disso. 

Imagine um prato com gordura, como o vai lavar? A gordura sairá melhor com água quente. O efeito é o mesmo no nosso organismo. A água fria condensa a gordura. Tudo que é ingerido numa temperatura inferior à temperatura do nosso organismo vai condensar no seu interior. O objectivo da água é limpar e hidratar o organismo. A água deve ser consumida à temperatura ambiente no Verão e morna no Inverno. 

Nota: consuma estes alimentos de forma equilibrada. Em exagero pode ter efeitos secundários não desejados. Em tudo é necessário equilíbrio. 

Se procura efeitos imediatos lembre-se que tudo que vem rápido vai rápido. Opte por ser saudável e comece por não fazer o que lhe faz mal. Tudo faz parte de um estilo de vida saudável (boa alimentação e exercício): adopte-o e os resultados virão.

Artigos Relacionados:

A beleza é uma consequência da saúde

Na actualidade observa-se uma correria à beleza, e é nessa correria que as pessoas perdem a saúde e começam a desregular o organismo. Emagrece, depois engorda, emagrece novamente, e depois engorda mais do que antes, e assim sucessivamente. 

O organismo vai perdendo a saúde, e o corpo vai adquirindo outras formas não desejadas. A pele, cabelo e unhas ficam prejudicadas, assim como a nossa firmeza e vitalidade.

Consequências de emagrecer de forma repentina e desregulada: o corpo irá, numa questão de tempo, ganhar novamente o peso que tinha e acrescentando sempre mais um pouco de peso em cima. Sempre que se faz uma dieta desregulada, é assim que o corpo responde quando recupera o peso. Por isso vê-se muitas pessoas que vivem de dietas e sentem-se cada vez pior. 

A gordura é uma inflamação do organismo. É na gordura que se acumulam as toxinas que ingerimos. Se emagrecer de repente, essas toxinas vão para a corrente sanguínea e a pessoa adoece, sente-se fraca. Por isso, para quem tem excesso de peso não é recomendado perder mais do que 10 a 12 quilos por ano (repartidos pelo ano todo). 

O meu lema é: procurem a saúde e a beleza virá como consequência.


Para ter saúde, em primeiro lugar, terá de tirar aquilo que é completamente prejudicial:
  • açúcar (verifique os rótulos, quase todos os alimentos tem açúcar ou adoçante)
  • alimentos industrializados 
  • leite e derivados
  • glúten
  • álcool
  • Hidratos de Carbono refinados
  • óleos refinados

Depois desta etapa, comece a fazer opções que lhe darão saúde:
  • alimentos integrais (sem glúten)
  • fruta variada
  • vegetais
  • legumes
  • sementes
  • leguminosas
  • proteína (sobretudo peixe e ovos cozidos)
  • Muita água (sobretudo em jejum)

Outras dicas:
  • Óleo de coco (duas colheres por dia ou cozinhar com ele - emagrece)
  • Quando acorda de manhã beba um copo de água com um pouco de limão em jejum
  • Use pimenta, malagueta e alimentos que acelerem o metabolismo
  • Alimente-se de 3 em 3 horas no máximo, nem que seja uma peça de fruta, para estimular o metabolismo.

Respeite o seu corpo e mime-o com hábitos saudáveis. Ele retribuirá com saúde e beleza!


Artigos Relacionados:

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Fazer as pazes com as emoções negativas

Muitas vezes sofremos e nem sabemos porquê. Simplesmente, a dado momento, algo despertou-nos esse sentimento.

É importante questionar e relacionar esses sentimentos para desvendar realmente a sua causa, que nem sempre corresponde ao presente. Normalmente sentimo-nos assim porque simplesmente algo tocou-nos num ponto que ficou por resolver. Tocou-nos no corpo de dor.

Se não resolvermos os conflitos que passam por nós ao longo da nossa vida, e tentarmos passar por cima sem os questionar, sem descortinar os nossos sentimentos em relação a esses conflitos, eles podem ressurgir-nos mais tarde em problemas ou questões idênticas. Ou simplesmente vamos evitando tocar em assuntos semelhantes. Não resolvê-los é revivê-los constantemente, é viver no passado, é impedir-nos de viver o presente e construirmos um futuro promissor.

É importante dedicarmos tempo a estas questões a que se designa de crescimento pessoal. O auto-conhecimento permite-nos ter uma vida mais tranquila, descobrirmos o nosso verdadeiro potencial enquanto seres humanos. O auto-conhecimento é uma lufada de ar fresco nas nossas vidas, é permitir-nos reconstruir. É permitir-nos sermos seres criadores. É permitir-nos ter uma vida plena.

Como é que podemos estar em paz com as nossas próprias emoções?
Primeiro temos de focar a nossa mente no que é o poder que podemos retirar do nosso próprio sofrimento. Em vez de o evitarmos ou de o enterrarmos algures num canto recôndito da nossa mente, devemos fazer dele o objecto da nossa meditação, sem contudo nos determos sobre os eventos que causaram esse mesmo sofrimento nem sem revermos frame a frame o filme da nossa vida.
E porque é que é desnecessário neste momento remoermos nas causas distantes do nosso sofrimento?
O Buda ofereceu a seguinte imagem. Irá um homem que foi atingido por uma seta no peito perguntar a si próprio: “De que madeira é feita esta seta? De que aves vêm estas penas? Quem foi o artesão que fez as setas? Seria um bom homem?” Certamente não o faria. A sua primeira preocupação seria retirar a seta do seu peito…
Quando uma emoção dolorosa nos atinge, a coisa mais urgente que temos a fazer é olhá-la de frente e identificar os pensamentos que a despertaram e que a estão a alimentar. Depois ao fixarmos a nossa atenção sobre a própria emoção, podemos dissolvê-la gradualmente como acontece à neve matinal sobre a luz do Sol… Adicionalmente, quando a força da emoção negativa tiver sido sabotada, as causas que a despertaram parecer-nos-ão menos assustadoras e teremos ganho para nós próprios a possibilidade de nos libertarmos de um círculo vicioso de pensamentos negativos…

Cancro da mama: Informações fundamentais



Veja algumas causas do cancro que talvez desconheça:

  • radiação: exames médicos com radiação (radiografias, mamografia); radiações electromagnéticas do dia a dia (aparelhos electrónicos).
  • hormonas utilizadas na produção animal: carne branca e vermelha.
  • reposição hormonal (opte pela modelação hormonal bioidêntica) 
  • Angrotóxicos (produtos tóxicos utilizados na produção de alimentos para que estes cresçam mais, aumentem em quantidade, para que tenham grandes prazos de validade e para que tenhamos produções de alimentos fora da época original). Opte por alimentos biológicos ou tire os angrotóxicos dos alimentos (veja aqui como fazer).

A mamografia não é totalmente eficaz na descoberta de cancro:
  • ela não cobre o perímetro total da mama, nem a zona que vai até debaixo do braço, onde aparecem vários casos de cancro.
  • ela apenas detecta cálculos calcificados (que demoram bastante tempo a crescer e são menos malignos), e os cancros mais mortais são os de tecido mole (que crescem em apenas 6 meses), que são pouco detectados nas mamografias.
  • e é de ter em conta que este exame expõe-nos a radiações super prejudiciais. 

Que exames fazer? Exames não invasivos:
  • Ultrassonografia (Ecografia mamária): detecta as patologias existentes (exemplo: cancro)
  • Doppler: detecta o movimento dos vasos sanguíneos, o seu estado, ajudando a detectar problemas.
  • Elastografia: avalia a elasticidade e consistência dos nódulos e tecidos.

Alimentos que previnem cancro da mama:
  • Bróculos, couve-flor, couve-bruxelas, repolho, couve e nabo. Isto porque tem uma substância chamada indol 3 carbinol que não deixa a mulher desenvolver cancro da mama, mesmo que esta tenha os genes do cancro.  
Mantenha uma alimentação saudável que previne e cura o cancro, revelado num estudo que ganhou o Prémio Nobel, mas que poucos conhecem (ver aqui), faça exercício físico, e opte por um estilo de vida favorável à saúde. 

Artigos Relacionados:
Fontes: 
Dr. Lucy Kerr
Dr. Lair Ribeiro

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Água: formas de aproveitar os seus benefícios


A água é essencial na nossa vida. As nossas células são 88% água. 

Se não bebermos água suficiente e da forma correcta a nossa saúde vai ressentir, e como consequência, a nossa beleza. O exterior é o resultado no nosso interior. Pele, unhas e cabelo vão sofrer as consequências. (ver aqui).

O que faz a água no nosso organismo?

  • Melhora o fluxo do sangue
  • Acelera o metabolismo
  • Aumenta o consumo calórico
  • Activa a flora bacteriana e as enzimas intestinais
  • Elimina toxinas e aditivos dos alimentos do organismo
  • Renova a água das células
  • Aumenta o sistema imunitário
  • Purifica e filtra o sangue
  • Ajuda no transporte e absorção dos nutrientes pelo organismo
  • Diminui o apetite (no cérebro as zonas referentes à fome e à sede estão próximas e facilmente confundidas) se beber antes de cada refeição mais de um copo de água. 

Como beber água?
  • Beber água à temperatura ambiente ou morna.
  • Evitar água fria porque:
    •  provoca disfunções físicas 
    • abranda o metabolismo. Quando o corpo baixa a temperatura baixa o sistema imunitário e abrimos portas para células cancerígenas, uma vez que o trabalho das enzimas (que regulam a saúde do organismo) diminuem. 
  • Beba água em jejum ao acordar (pode acrescentar umas gotas de limão nesta altura para alcalinizar o organismo)
  • Beber água antes de cada refeição para hidratar, limpar o organismo e diminuir o apetite excessivo.
  • Evitar beber água durante ou logo a seguir às refeições (se necessário, não beber mais do que um copo). Beber água durante as refeições dificulta a digestão e a absorção dos nutrientes pelo organismo).

Consequências de não beber água suficiente:
  • Adoecemos com facilidade (as toxinas não são eliminadas)
  • o sangue torna-se mais espesso
  • Mau funcionamento dos orgãos, principalmente do fígado e rins
  • Pele, cabelo e unhas com má qualidade
  • Acumulo de toxinas nas células, danificando-as a abre portas a doenças

Outras bebidas:
  • Chá, sumos e álcool desidratam o organismo, retiram líquido das células e do sangue e torna-o mais espesso. Beba apenas chá, e apenas para finalizar uma refeição.
  • O álcool para além de muitos problemas a nível cerebral, ele:
    • aumenta a pressão (aumentando o risco de ataque cardíaco)
    • aumenta o risco de AVC (porque engrossa o sangue)

O organismo necessita de água, porque ele é composto por água. Imagine um peixe doente, não adianta tratar do peixe sem tratar da água, ele continuaria doente ou a regredir na doença. 
Cuida da sua saúde. Respeite o seu corpo. Beba água, alimente-se de forma nutritiva e faça exercício. Não espere pela doença para mudar de hábitos. Trate-se bem o seu organismo reflectirá saúde. Renasça :)


Artigos Relacionados:
Pele: O reflexo da nossa saúde
O plástico e o calor: malefícios

Fonte: A Enzima Prodigiosa, Dr. Hiromi Shinya 

domingo, 10 de agosto de 2014

Férias: Uma oportunidade para...

Sou adepta de que reservar tempo para connosco mesmos é necessário para nos auto-conhecermos. Um tempo de reflexão, de crescimento e, quem sabe, de um despertar. E quando as férias batem à porta, porque não parar para começar este percurso?

Manter-nos sempre ocupados faz-nos conhecer o mundo, os outros, as novidades e viver experiências novas. Mas com esta ocupação constante da nossa agenda, corremos o risco de nunca despertarmos para a nossa verdadeira essência. 

Conhecemos os outros, mas não nos conhecemos. Vivemos a vida dos outros, mas não vivemos a nossa. O mundo distrai-nos. Poderemos nunca sentir realmente o nosso verdadeiro ser, sentir o nosso verdadeiro potencial enquanto seres humanos. Corremos o risco de vivermos sempre de forma remediada, quase como sobreviventes. Corremos o risco de sermos mendigos de padrões, de modas, de rotinas vazias, que nos faz ressacar quando se fazem faltar. 

Fugir é não permitir-nos reflectir, é escapar ao corpo de dor, é não permitir dar um passo em frente. Fugir é ter medo daquilo que não gostamos de ver, de ouvir, de sentir, de lembrar. Não fugimos de nada a não ser de nós mesmos. 

Despertar é ter coragem para ver, ouvir e sentir. Despertar é tentar perceber o que vemos, o que ouvimos e o que sentimos. Despertar é abrir-nos para a reflexão, é dar liberdade à consciência. Despertar é dar o próximo passo. Despertar é abrir-nos ao amor, à bondade, à compaixão. É viver em serenidade e em humildade. É distinguir o que é bom do que é mau. É estarmos preparados para dar, mais do que para receber. Despertar é dar-nos a oportunidade de viver de acordo com a nossa consciência. 

Homem feliz é aquele que, ao despertar, se encontra com prazer, se reconhece com aquele que gostaria de ser. (Paul Valéry)

Artigos Relacionados:

Inspiração: 

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Óleo de Coco: benefícios

O coco é considerado o 3º melhor alimento do mundo a seguir ao leite materno e ao ovo. 
Ele é usado, em alguns países, como um grande substituto do leite materno. 
Ele tem mais de 1000 benefícios no nosso organismo, mas partilho aqui os mais importantes.

Benefícios:
  • Termogénico: acelera o metabolismo e emagrece. 
  • A gordura que contém é considerada boa e essencial à saúde das nossas artérias. 

  • Tem 46% de ácido Láurico: substância que tem no leite materno
  • Antiviral.
  • Antifúngico.
  • Antibacteriano.
  • Evita trombos no sangue
  • Aumenta a saciedade. 
  • Diminui a carga viral dos doentes de HIV, evitando que este se desenvolva e até mesmo regredir.
  • Antitrombos.
  • Antiinflamatório.
  • Ideal para cozinhar. Pode ser usado em fritos que não é prejudicial porque não é uma gordura trans, nem sofre transformação depois do contacto com o calor.
  • Trata úlcera gástrica.
  • Trata candidíase. 
  • Riquíssimo em fibra.
  • Gordura boa para o coração.
  • Diminui a sensibilidade à insulina.
  • É pura energia para atletas.
  • Bom para o funcionamento do coração e artérias.
  • Bom para problemas digestivos.
  • Reactiva a funcionalidade da tiróide.
  • Diminui a compulsão alimentar.
  • Promove a regeneração dos tecidos.
  • Bom para eliminar pedras da vesícula. 
  • etc...

Opções de consumo:
  • Água de coco ao natural (directamente do coco). Se for embalada não tem os mesmo benefícios e tem até malefícios (aditivos, conservantes e corantes). 
  • Óleo de coco (é a opção mais rica). É concentrado. Podemos cozinhar com ele, fritar ou mesmo ingeri-lo directamente: pelo menos, duas colheres de óleo de coco por dia. 

sábado, 2 de agosto de 2014

Diabesidade

Diabesidade = Obesidade + diabetes

Principais Factores que levam à Diabesidade:

  • Distúrbio na Insulina (excesso de açúcar e hidratos de carbono refinados)
  • Demasiado  Cortisol (proveniente do stress)
  • Distúrbio na Tiróide (glândula que regula o metabolismo)
  • Aumento de Estrogénio


Como detectar Hipertiroidismo em casa?
A nossa temperatura corporal, quando acordamos, deve estar acima dos 36.6 graus. Se estiver abaixo desta temperatura tem Hipertiroidismo, mesmo que as análises normais não o detectem. 

Como fazer o teste do Hipertiroidismo?
Quando acordar e antes de se levantar da cama meça a temperatura corporal com um termómetro. Faça-o durante 5 dias seguidos. No final faça a média dos 5 dias.

Soma das temperaturas de todos os dias = acima de 36.6º
                                 5

Alguns hábitos que aumentam o Estrogénio:
  • Tomar café em copos de plástico (ver aqui)
  • Beber água de garrafas de plástico que estiveram expostas ao calor
  • Usar demasiado protector solar (ver aqui)



Artigos Relacionados: